Aprendendo a Fazer Pão E Pastéis Como Em Portugal

Os pastéis de nata e os pães são símbolos da gastronomia portuguesa. O tradicional pastel de Belém foi criado pelos monges do Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa. Sua receita secreta é guardada até hoje pela Pastéis de Belém, que vende os originais pastéis. Já os pastéis de nata são versões feitas para imitar o de Belém, com sabores variados.

Em Portugal, o pão está presente em todas as refeições. Há muitos tipos, como o broa de milho, o pão alentejano, o pão de mafra. As padarias tradicionais ainda fazem pães artesanais, apesar da concorrência de grandes redes. A qualidade da farinha e a formação dos padeiros são pontos a melhorar.

Para aprender a fazer esses ícones da gastronomia portuguesa, existem livros de receitas, vídeos online e cursos presenciais, como os da escola de culinária Cooking Lisboa. Com dedicação, é possível reproduzir em casa os sabores tradicionais de Portugal.

Como Fazer Pão Caseiro Português

Quais são os principais tipos de pão português?

Portugal tem uma rica tradição de pães regionais feitos com farinhas e ingredientes locais. Alguns dos mais famosos são:

  • Broa de milho – Originária do Norte de Portugal, é feita com farinha de milho e centeio. Tem coloração escura e textura densa.
  • Pão alentejano – Feito com farinha de trigo e glúten, tem casca crocante e miolo fofo. É consumido com azeite e alho.
  • Pão de Mafra – Tem origem na vila de Mafra. Leva farinha de trigo, centeio e água de Mafra, que lhe confere sabor único.
  • Pães de mistura – Leva farinha de trigo e centeio. Miolo macio e casca crocante.

Quais os segredos para fazer um bom pão?

Alguns segredos para obter um bom pão caseiro à portuguesa são:

  • Usar farinha de boa qualidade, de preferência fortificada ou integral.
  • Fazer uma boa mistura de farinhas, como trigo e centeio.
  • Deixar a massa descansar e crescer bem antes de assar.
  • Amassar bem a massa para desenvolver o glúten.
  • Ter paciência no processo de fermentação.
  • Cozer bem o pão para dourar a casca e assar o miolo.

Como fazer pão português passo a passo?

Aqui está o passo a passo para fazer um delicioso pão caseiro português:

  1. Misture as farinhas (trigo, centeio, etc) com o fermento biológico e água morna.
  2. Amasse bem a massa até ficar lisa e elástica. Deixe descansar coberta por 30 minutos.
  3. Junte sal e água e amasse novamente por mais 10 minutos.
  4. Divida a massa em porções e boleie. Coloque em formas untadas.
  5. Deixe crescer coberta por 1-2 horas até dobrar de tamanho.
  6. Faça cortes na parte de cima. Leve ao forno preaquecido a 200oC por 30-40 minutos.
  7. Retire do forno e deixe esfriar antes de cortar. Bom apetite!

Como Fazer Pastéis de Nata e Pastel de Belém

Qual a diferença entre pastel de nata e pastel de Belém?

O pastel de Belém é o original, criado pelos monges do Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa no século 19. Sua receita secreta é usada até hoje pela confeitaria Pastéis de Belém.

Já o pastel de nata é uma versão inspirada no de Belém, por vezes com recheios diferentes, como chocolate ou doce de leite.

Quais os segredos da massa folhada e do creme?

A massa folhada deve ser bem fina e crocante. O segredo é usar manteiga de qualidade e fazer várias dobras para obter folhas finíssimas.

O creme deve ser bem consistente e cremoso. Leva gemas, açúcar, farinha e leite. Deve ser mexido sempre para não talhar.

Como fazer pastéis de nata em casa?

Aqui vai o passo a passo para fazer pastéis de nata caseiros:

  1. Faça a massa folhada com farinha, manteiga, sal e água gelada.
  2. Abra a massa, faça dobras, deixe descansar na geladeira para endurecer a manteiga.
  3. Faça o recheio cremoso com gemas, açúcar, farinha e leite mexendo sempre em fogo baixo.
  4. Recheie as forminhas de pastel com a massa folhada e o creme.
  5. Leve ao forno a 200°C por 20 minutos até dourar.
  6. Deixe esfriar e polvilhe com açúcar em pó e canela.

Onde Aprender mais Sobre Gastronomia Portuguesa?

Livros de receitas portuguesas

Existem ótimos livros de receitas tradicionais portuguesas, como “Cozinha Tradicional Portuguesa” de Maria de Lourdes Modesto e “A Cozinheira Portuguesa” de Encarnação Pires. Ensinam receitas consagradas com histórias e curiosidades.

Canais no YouTube

Há excelentes canais no YouTube ensinando receitas portuguesas, como “Sabor Intenso”, “Pingodoce” e “Canal Comida por Miguel Rocha Vieira”. Ótima opção para aprender visualmente.

Cursos presenciais

Cursos presenciais como os da escola de culinária “Cooking Lisboa” são uma imersão completa, ensinando técnicas com professores experientes. Ótima pedida para aprimorar habilidades.

Conclusão

Dominar receitas tradicionais como pão e pastéis é uma ótima forma de mergulhar na rica gastronomia de Portugal. Com dedicação, ingredientes de qualidade e alguns segredinhos é possível reproduzir esses sabores em casa. Há muitos recursos disponíveis para aprender e aprimorar técnicas. Surpreender os familiares e amigos com esses clássicos será uma delícia!

Referências:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *